Prazeres da mesa

Abaixo o menu degustação

Por: Prazeres Da Mesa | 5.nov.2015

Aqueles serviços com 40 etapas estão com os dias contados. Alguém ainda aguenta jantar durante 5 horas e depois dormir com o bufê do rodízio na barriga?

Depois de horas gastas que somariam meses, quilos adquiridos e doses intermináveis de Floratil, Segredos de Liquidificador decreta o fim do menu degustação! Cozinheiro, aprenda a ser conciso. Seu trabalho pode ser apresentado em três ou quatro pratos. Porque no fundo, no fundo dessas porcelanas minimalistas e dessas cerâmicas assinadas, juntando cinco itens, dá um prato. Para embasar essa teoria, apresentamos a primeira etapa do nosso estudo “Menu degustação: um case de desconstrução”.

Menu em seis tempos

  1. Capuccino de feijão carioquinha aromatizado com alho – Raio gourmetizador no caldinho de feijão.
  2. Arroz branco da vovó - Prato de resgate sentimental do chef.
  3. Terra de mandioca com cebola queimada - Também conhecida como farofa.
  4. Sorbet de tomatinho concassê - Orgânico e feito com prensagem a frio.
  5. Ovo perfeito – O chef mostra toda a sua habilidade tecnoemocional.
  6. Carne na ponta da faca em três texturas – Macia, dura e com nervinho.

E quando você se dá conta, comeu um trivial picadinho. Percebe? Pois não me chamem mais para comer em restaurante de vanguarda, porque o futuro ficou no passado.

Os novos tempos pedem soluções práticas, econômicas, ecológicas, sustentáveis. Para que lavar seis pratos quando cabe tudo em apenas um? O “pia” agradece, assim como o reservatório da Sabesp.

Abracem essa causa e compartilhem esse manifesto. Abaixo o rodízio de canapé! Viva a comida de verdade!

Marcelo Katsukijpg

*É blogueiro (comesebebes.com.br) e passa metade do dia pensando em comida. Na outra metade, ele sonha

Colunas recentes

Colunas