Prazeres da mesa

Artesão de doçuras

Por: Prazeres Da Mesa | 8.dec.2016

Depois de brilhar em restaurantes consagrados, o pâtissier Philippe Rigollot brilha em casa própria

O currículo de Philippe Rigollot é invejável. Além de colecionar títulos como o de Champion du Monde de Pâtisserie ou ainda o de Meilleur Ouvrier de France (MOF), trabalhou para grandes nomes, como a Maison Lenôtre e o restaurante Le Pré-Catelan, em Paris, e o Pic, em Valence, na França, onde ficou por dez anos até se decidir por abrir o próprio negócio.

Acompanhado da mulher, Elodie, ele se instalou na charmosa cidade de Annecy, situada no norte dos Alpes franceses, entre Chambéry e Genebra, onde abriu uma boutique de pâtisserie, que leva seu nome. Um verdadeiro desafio para quem trabalhou a maior parte do tempo elaborando sobremesas para restaurantes.

Suas criações são muitas vezes técnicas e ao mesmo tempo lúdicas, como o hambúrguer – com brioche, confit de framboesa, ganache de chocolate, gelée de maracujá e lascas de chocolate, ou os  cisnes, elaborados nas versões chocolate branco, com massa de carolina crocante, recheada com creme, confit de morangos e chantilly de basilico; e amargo, com massa de carolina crocante, recheada com creme de chocolate, confit de groselha preta e chantilly de chocolate. Outra que agrada muito é a Mr. Smith, torta imitando maçã verde, com creme de amêndoas, compota de maçãs cozidas e cruas, mousse de baunilha.

Mas, como em toda boa pâtisserie francesa, encontram-se também doces tradicionais. São o caso do Fraisier, o Saint Honoré, a Tarte Tatin, o Paris-Brest ou ainda o Vacherin, em versão adaptada pelo chef. Os sabores são delicados e bem dosados e as texturas distintas presentes e marcantes.

Para satisfazer todos os gostos dos turistas  e  de uma clientela de habitués, além dos doces frescos e refrigerados, a boutique oferece também macarons e uma vasta seleção de guloseimas e petiscos, como biscoitos, chocolates e caramelos, sem esquecer as geleias.

No verão, 12 sabores de picolés artesanais, bolos gelados e também potes de sorvetes com caldas de frutas e frutas secas refrescam a clientela.

1, Place Georges Volland, 74.000 Annecy

Marina Gobet_site

*Formada em gastronomia pela Lenôtre, a paulistana Marina Gobet tem a sorte de morar em Paris há mais de dez anos.

Colunas recentes

Colunas