Prazeres da mesa

Belos Goles  

Por: Prazeres Da Mesa | 12.nov.2014

Um anfiteatro charmoso, com ares de lounge, em meio a um lindo jardim. Frente a ele um imenso telão, flanqueado por um bar que servia uma coleção de vinhos portugueses.  Adicione a isso, importante, plateias simpáticas e vibrantes, decididas a torcer pelo seu time. Pronto. Estão ai os principais ingredientes que deram forma (e vida) a Arena Consulado, espaço no Consulado de Portugal em São Paulo, que abrigou os convidados a assistirem os jogos da Copa do Mundo do time de futebol da casa, naturalmente, e os do Brasil.

Curti as partidas do Brasil em casa, mas fui ao Consulado nos dois primeiros jogos para alentar a equipe da terrinha, rodeado sempre por uma torcida animada ostentando, claro, alegres cores rubro-verdes. Acho que não transmiti energia suficiente. Mas numa Copa do Mundo como esta, rica em surpresas, onde a Espanha, atual campeã é mandada para casa nos primeiros confrontos, a Argentina pena até os últimos segundos para sair do zero a zero com o Irã e a Costa Rica se classifica primeira no seu grupo deixando na poeira seleções como as da Itália, Inglaterra e Uruguai; não é de se estranhar que o melhor jogador do mundo, Cristiano Ronaldo, tenha tido também uma atuação apagada para o título. Brilhou, felizmente, no fim do segundo jogo com aquele passe de craque, que permitiu empatar com os Estados Unidos e manter a esquadra lusa respirando no torneio.

Se por um lado teve poucos gols do time pelo qual torci, por outro houve muitos goles nos eventos (uma das patrocinadoras foi a ViniPortugal), como estes tintos de diversas regiões do país que divido com o leitor.

Douro
Quinta do Vallado Reserva Field Blend 2011 – Casa de ponta, rubro idem. Mescla uvas (Tinta Roriz e Amarela, Touriga Franca) de vinhas com mais de 70 anos, com 35% de Touriga Nacional. Estagiou 17 meses em carvalho. Simplesmente delicioso. Frutas vermelhas, tons de baunilha e especiaria dominam um paladar complexo, sedoso e muito persistente (93/100, R$ 249). PPS.

Dão
Quinta do Perdigão Touriga Nacional 2008 – Nasceu na propriedade, vizinha a Viseu, com 7 hectares de vinhas (orgânicas) do arquiteto José Perdigão. Combina geleias e cassis com toques suaves de frutas secas, tudo embrulhado por taninos firmes que lhe dão estrutura (91/100, ainda não disponível no Brasil). Mistral.
Casa da Passarella O Oenólogo Vinhas Velhas 2009 – Oriundo de vinhas velhas (com amplo repertório de cepas, como Tinta Carvalha e Pinheira, Baga, Jaen e Touriga Nacional).  Vinho untuoso, de bom corpo e conteúdo de fruta temperado por toques de cedro, longo em boca (91/100, ainda não disponível no Brasil).
Casa da Passarella Colheita 2009 – Não foi servido no Consulado, mas é uma boa pedida até que chegue O Oenólogo (e depois também). Corte de Tinta Roriz (40%) com Touriga Nacional, Alfrocheiro e Jaen. Fruta, tons terrosos e tostados marcam aroma e sabor. Um vinho saboroso e elegante. Até no bolso. (88/100, R$ 45). Ambos na Vínica.

Alentejo
Tinto da Talha Grande Escolha 2009 – Da Roquevale, adega com bons exemplares da base ao topo do portfólio. Assinado pela enóloga Joana Roque do Vale, filha dos proprietários, foi elaborado com uvas Syrah e Alicante Bouschet. Macio e perfumado (cerejas, folhas secas, suave especiaria) tem final persistente (90/100, R$ 84,40). Adega Alentejana.
Herdade da Pimenta Grande Escolha 2010 – A herdade (65 hectares de vinhas) pertence a Casa Alexandre Relvas, empresa com um respeitável catálogo de goles alentejanos. O Grande Escolha (Touriga Nacional e Franca, Syrah, 18 meses em carvalho), se mostra intenso no nariz e na boca (frutas vermelhas, madeira bem dosada), com paladar longo e aveludado (92/100, R$ 175)
Pimenta Preta 2011 – Confesso. Tampouco foi servido lá, mas vale a pena conferir.  Tinto de entrada da Herdade da Pimenta, um Aragonez-Trincadeira-Syrah prazeroso, pura fruta, puro Alentejo. Redondo e equilibrado, como seu preço (88/100, R$ 45). Os dois na Cantu.

PPS, tel. 11-3051-7476.
Mistral, tel. 11-3372-3400.
Vínica, tel. 11-4221-9107.
Adega Alentejana, tel. 11-5094-5760.
Cantu, tel. 11-2144-4455.

 

jorge carrara_site

*Escreve também para o site Basilico

Colunas recentes

Colunas