Prazeres da mesa

Na fila do caminhão

Por: Prazeres Da Mesa | 13.jan.2015

Os food trucks ganharam a paisagem também da capital francesa, e alguns deles carregam nomes e receitas de chefs estrelados

Apesar da imagem sofisticada que temos da culinária francesa, pela alta gastronomia e pelos restaurantes estrelados, a moda agora são os prosaicos « camions gourmets ». Mais conhecidos como food trucks, os caminhões que vendem e preparam comida pelas ruas se espalharam de tal forma pela França, que somente na região parisiense podemos encontrar 40.

De origem americana, os food trucks chegaram em Paris em novembro de 2011, quando Kristin Frederick se instalou com seu caminhão de hambúrguer ” Le camion qui fume”, e conquistou uma fiel clientela com filas quilométricas atraindo a atenção do público. Desde então, o fenômeno não parou de evoluir. Há pratos de todas as nacionalidades e para todos os gostos: empanadas argentinas, tacos mexicanos, fish & chips, dim sum (raviólis ao vapor), crepes, sorvetes, sushis e até cozinha de bistrô. Inclusive, o renomado chef Marc Veyrat instalou seu próprio caminhão oferecendo receitas saudáveis, inovadoras e acessíveis a todos. Servido em bocais, ele vende tabule de quinoa, blanquette de vitelo e charlotte de chocolate com calda de laranja.

Cada vez mais, cozinheiros se lançam nessa aventura menos dispendiosa que a abertura de um restaurante, apesar das dificuldades de estacionamento. A maioria deles aposta em receitas simples, fáceis de degustar, porém de qualidade. Os preços variam entre sete e 10 euros – ou seja, o preço de um menu no Mc Donalds (no caso de Marc Veyrat, entre 11 e 13,5 euros).

O sucesso é tamanho que existe até uma feira chamada de SFIF (Street Food International Festival), onde 16 caminhões de toda a França oferecem seus cardápios com direito a votação para a escolha do melhor. O evento foi presidido pelo chef Edouard Loubet, do Domaine de Capelone, na região do Vaucluse, duas estrelas Michelin. E tem ainda o Street Food Temple, que reúne food trucks e outras street foods insólitas, e é apadrinhado por Thierry Marx, chef do hotel Mandarin Oriental, em Paris, também duas estrelas Michelin.

Aqui, uma seleção de alguns dos muitos caminhões encontrados em Paris: Le Camion qui fume, Cantina California, Mum Dim Sum, El Carrito, Mes Bocaux (de Marc Veyrat), La Caravane Dorée, Le Canard Huppé, Mozza & Co e Bien Fait. Basta escolher, procurar na internet o roteiro e bater perna pelas ruas de Paris.

Marina Gobet_site

*Formada em gastronomia pela Lenôtre, a paulistana Marina Gobet tem a sorte de morar em Paris há mais de dez anos.

Colunas recentes

Colunas