Prazeres da mesa

Tchocolatl

Por: Prazeres Da Mesa | 18.mar.2016

O termo “Páscoa” deriva, do grego bíblico Πάσχα, do latim Paskha, do hebraico פֶּסַח “Pesach”. Pareceu trecho do filme tropa de elite né…estratégia do latim strategi… Pois bem, essa festa que celebra a ressurreição de Jesus é a mais importante comemoração cristã conforme o Novo Testamento. Mas ainda existe efetivamente essa festa aqui no Brasil? Por exemplo, uma das coisas mais importantes dessa época é a quaresma, período de quarenta dias de jejum e penitência. Mas alguém ainda faz isso?  A única Quaresma que eu sigo é a Flavinha. Os costumes religiosos pascais estão sendo esquecidos pela sociedade moderna, mas a comida, graças a Deus, ainda é um elo forte de ligação com as festividades do período.

Algo que está cada dia mais uniforme como contextualização culinário-cultural relativa a essa época do ano são os famigerados ovos de Páscoa. Originalmente esses ovos eram de aves mesmo, representavam o túmulo vazio, a ressurreição do messias. Acho muito bonita essa representação da vida, do renascimento.

Há ainda uma grande quantidade de pratos típicos ligados à festividade e que variam de região para região, mas quero fugir um pouco do tradicional e me ligar apenas nele, o viciante chocolate, que tem em sua história uma forte ligação com religião, rituais e a própria igreja católica.

Os primeiros a utilizar essa maravilha, então chamada de tchocolatl, foram os Astecas, durante em cerimônias religiosas, por volta de 1500 a.C.. Os invasores e missionários espanhóis quando chegaram na terra do Chaves (aqui refiro-me ao México e não a Venezuela), no final do século XV, conheceram esse néctar dos deuses.

01/12

Na época, era uma bebida morna, amarga, gordurosa e cheia de pimenta. Enfim, dureza até para Hernán Cortés Monroy Pizarro Altamirano, ufa… Era considerada um privilégio apenas das castas superiores, nobres e guerreiros. De tão importante o Theobroma cacao, que significa literalmente o alimento dos deuses, tinha suas sementes utilizadas como moeda pelos astecas e maias.

Hoje no Brasil temos muitos produtores de qualidade, que pensam além do produto em si, preocupam-se com o entorno, a floresta e as pessoas. Chocolate brasileiro tem de ter cara de Brasil, sabor tropical, frutado, intenso com menos jeitão de Europa.

Chocolate é cultura, religião, história, alimento e arte. Então para tal decidi criar três receitas com este ingrediente e sal que saem um pouco do lugar comum e que vão deixar sua Páscoa diferentemente deliciosa.

Clique no nome da receita abaixo e aprenda a fazer:

Frango à Gabriela (peito de frango temperado com cravo e canela ao molho de chocolate picante e quenele de mandioquinha)

Talharim com chocolate e bottarga (talharim de chocolate, beurre noisette, queijo parmesão, tomate cereja e bottarga)

Mousse de chocolate com caramelo de uísque (mousse de chocolate amargo com especiarias e calda de caramelo de uísque e flor de sal)

O chef Guga Rocha

Guga Rocha é apresentador do Homens Gourmet, da Fox Life

Colunas recentes

Colunas