Prazeres da mesa

Reportagem

COMO NA TERRINHA

Sem invencionices, a Padaria da Esquina conquista por apresentar receitas portuguesas em sua essência

Por: Prazeres Da Mesa | 27.jun.2017

Por Beatriz Albertoni

Fotos Ricardo D’Angelo

O chef português Vitor Sobral é um fazedor, desses profissionais irrequietos e empreendedores, que trabalha a comida com paixão e defende como poucos as delícias da culinária portuguesa. No Brasil, ele se associou aos empresários Edrey Momo e Érica Maierá e, juntos, estão montando um pequeno império de endereços preciosos. O mais novo deles é uma padaria, que em pouco tempo se tornou uma das melhores da cidade. Depois do Tasca e Taberna da Esquina, agora o grupo aposta na panificação com a Padaria da Esquina, no bairro dos Jardins, na capital paulista.

Padaria da Esquina - Como na terrinha

Utilizando um cardápio extenso e diversificado, a casa oferece uma verdadeira experiência da Terrinha. Edrey Momo, sócio no grupo, afirma que desde sempre o conceito português foi mal aplicado no Brasil, principalmente nas padarias. “As Esquinas trouxeram o que realmente é por lá. Não reinventamos as receitas tradicionais, o que, de certa forma, é uma novidade para o cliente”, diz. O sucesso da casa, aberta em agosto de 2016, se consolidou por causa da variedade de pães, todos fabricados no local com a “massa mãe” (fermentação natural), e pela pouco audaciosa carta de doces da pastelaria.

“Não trabalhamos com pães de grãos, mas de farinhas específicas, com misturas que caracterizam cada região de Portugal”, diz Luiz Paulo de Vasconcelos Filho, chef de panificação da casa. “Nossos doces são bem tradicionais, a maioria à base de ovos, como o pastel de nata, o mais vendido até hoje.” De massa levinha e recheio saliente, os pastéis de nata fazem jus à fama e dificultam na hora de escolher outros doces, como pudins, quindins ou papos de anjo. As opções são muitas e incluem tostas, feitas com pão de forma artesanal, tibornas, sandes (sanduíches) e outros salgados, boas escolhas para provar os verdadeiros sabores lusitanos.

01/12

Matérias Relacionadas