Prazeres da mesa

Notícias

Criador do polpettone, Antonio Buonerba morre aos 78 anos

Filho de italianos, o chef criou o bolinho para diminuir o desperdício de comida de sua cantina

Por: Prazeres Da Mesa | 29.jun.2018

Da Redação
Foto Reprodução/Facebook Jardim di Napoli

São Paulo perdeu um grande ícone da gastronomia na última quinta-feira, dia 28 de junho. Antonio Buonerba, Seu Toninho como era conhecido, chef do Jardim di Napoli, revolucionou a culinária nacional com a sua versão de polpettone. Seu Toninho tinha 78 anos e morreu em decorrência de problemas intestinais. O velório aconteceu ontem à tarde no Cemitério da Consolação.

Filho de italianos, Antonio Buonerba começou a trabalhar como entregador de pizza aos nove anos de idade. Na época, para complementar a renda, seus pais preparavam pizzas e massas durante a noite no bairro do Cambuci. Ao passar dos anos, o negócio foi crescendo e em 1949 a família abriu a cantina Jardim di Napoli. Seu Toninho trabalhou como aprendiz de pizzaiolo e garçom antes de assumir o cargo de chef.

Na década de 1970, já no comando do restaurante, ao tentar minimizar os desperdícios de comida, Seu Toninho fez história com a criação do polpettone. O chef decidiu moer os restos de carne que sobrava do filé à parmegiana e transformou em bolinho recheando com mussarela. Hoje, a receita é replicada por quase todo o país.

Antonio Bounerba

Matérias Relacionadas