Prazeres da mesa

Melhores do Ano, Melhores do Vinho, Vinhos

Melhores do Vinho

Um dos maiores prêmios do segmento no Brasil, Os Melhores do Vinho enaltece as casas que oferecem boa qualidade e variedade de rótulo

Por: Prazeres Da Mesa | 19.jun.2017

Da redação
Fotos: arquivo

Um dos maiores prêmios do segmento no Brasil, Os Melhores do Vinho enaltece as casas que oferecem boa qualidade e variedade de rótulos. Nele, são contempladas duas categorias, a de Excelência (cartas com até 200 rótulos) e a de Grande Excelência (com mais de 200 rótulos),além da Personalidade do Vinho. Os candidatos tiveram de 14 de abril a 22 de maio para inscrever seus restaurantes e as fichas foram avaliadas por nossos curadores Marcel Miwa e Maurice Bibas. Confira a seguir os vencedores nessa consagrada premiação de Prazeres da Mesa.

PERSONALIDADE DO VINHO

GALVÃO BUENO
Bem, amigos da Rede Globo! É com essa frase e com o “r” puxado que ele costuma começar as transmissões dos principais eventos esportivos, as narrações de jogos da Copa do Mundo e das corridas de Fórmula 1. Sabem de quem estamos falando? Isso mesmo, do nosso glorioso Galvão Bueno, eleito a Personalidade do Vinho 2017, do prêmio Melhores do Ano Prazeres da Mesa/Rede. Durante suas viagens como narrador esportivo, Galvão acabou se apaixonando pelo mundo do vinho, no qual se aventurou em 2010, quando lançou o Bueno Paralelo 31, um tinto de corte bordalês, e o espumante Bueno Cuvée Prestige. Hoje, ele atua em duas vertentes: na Toscana, Itália, e no Sul do Brasil e já conta com uma produção de mais 15.000 garrafas ao ano, de seu rótulo italiano Brunello di Montalcino. Sua vinícola brasileira está em Candiota, na Campanha Gaúcha. Ali, elabora os espumantes Bueno e Desirée, em homenagem a sua mulher; varietais como o Pinot Noir e o Sauvignon Blanc e até um corte bordalês, o Bueno Paralelo 31, entre outros. Recentemente, para tentar atrair o consumidor mais jovem, lançou o Bueno Vin (Very Important News) e o espumante Bueno Vic (Very Important Celebration), vinhos mais descontraídos e com preço bem convidativo.Mas não é apenas por ajudar a divulgar nosso vinho que Galvão faz por merecer esse prêmio. Nosso novo vinhateiro também está engajado com projetos sociais na área, pois acredita que tem a missão de retribuir todo o sucesso que obteve na vida e passar seu conhecimento para a frente. Neste ano, inaugurou um curso, na ONG Gerando Falcões, na Zona Leste de São Paulo, para formar em sommelier moradores da comunidade. Para incentivar ainda mais os estudantes, ao final do programa, dois deles serão contratados para trabalhar com ele na Bueno Wines.

IMG_7812António Rodrigues_galvao buenook

GRANDE PRÊMIO DE EXCELÊNCIA

ALAGOAS

MARIA ANTONIETA
Opções de vinhos não faltam na carta desse restaurante de Maceió. São cerca de 500 rótulos. Há uma página dedicada à invejável seleção de Brunello di Montalcino (com safras da década de 1990), o que indica a vocação italiana clássica do cardápio com pizzas, massas, pescados e carnes. Existem dezenas de (algumas ótimas) opções de vinho abaixo de 100 reais, com atenção especial ao Chianti, ao Sicília e aos tintos brasileiros.

Av. Antônio Gomes de Barros, 150, Jatiúca, tel. (82) 3202-8828, Maceió; mariaantonieta-al.com.br

BAHIA

BISTROT DU VIN ADEGA
O versátil menu do restaurante encontra boas opções de harmonização nos mais de 300 rótulos que constam na carta de vinho, que traz informações básicas e objetivas sobre cada um. Destaque para o bom sortimento de champanhes e espumantes (com preços justos) e a “carta de excelência” do restaurante traz uma página com grandes vinhos do mundo, alguns com preço igual (em alguns casos, menor) que o do importador.

Rua Minas Gerais, 197, Pituba, tel. (71) 3231-1933, Salvador; bistrotduvinadega.com.br

BRASÍLIA

UNIVERSAL DINER
O clima lúdico do restaurante da chef Mara Alcamim está presente na completa carta de vinhos, que aborda países incomuns de se ver, como Israel e Líbano. A lista privilegia rótulos nacionais, tintos clássicos e brancos elegantes, como nos rótulos do Minho, em Portugal, Vale de Casablanca, no Chile, e Alsácia, na França.

Asa Sul 210, C 18, tel. (61) 3443-2089; pagefree.net/restaurante-universal

RIO DE JANEIRO

MR. LAM
A cozinha chinesa pode ser um desafio para os vinhos. Sabores agridoce e apimentado, com o perfume de ervas e especiarias requerem habilidade do sommelier para elaborar a carta. Selecionados pelo sommelier Marcelo dos Santos, a carta do Mr. Lam conta com boa seleção de brancos e tintos elegantes, para todos os bolsos. Destaque para a longa lista de champanhes, que inclui uma vertical (diversas safras) de Veuve Clicquot Vintage em formato magnum (1.500 ml), a partir de 1955.

Rua Maria Angélica, 21, Lagoa, tel. (21) 2286-6661; mrlam.com.br

OLYMPE
O restaurante tradicional da família Troisgros tem carta com 350 rótulos, com mais espaço para os da França e da Itália, únicos países listados por região. Com leitura fácil, nomes de rótulos e produtores seguem o mesmo padrão e há descrição das safras. Há um tinto leve e delicado da Côte Roannaise, feito nos vinhedos da família em Gamay. Os Troisgros têm linha própria de vinhos, a CT, que conta com espumantes e um Merlot.

Rua Custódio Serrão, 62, Lagoa; tel. (21) 2539-4542; olympe.com.br

SATYRICON
O Satyricon preza pelo frescor dos pescados e frutos do mar em seu cardápio de culinária mediterrânea. Para acompanhar, a carta de vinhos é bem selecionada, com extensa lista de espumantes e de champanhes. Quatro páginas são dedicadas aos brancos e oferecem soluções para harmonizar com qualquer ingrediente marinho. Há a imagem do rótulo de todas as garrafas em que são identificados produtos orgânicos ou biodinâmicos. Vale conferir os vinhos de sobremesa.

Rua Barão da Torre, 192, Ipanema, tel. (21) 2521-0627 e Av. José Ribeiro Dantas, 500, Búzios, tel. (22) 2623-2691; satyricon.com.br

RIO GRANDE DO SUL

PEPPO CUCINA
O restaurante gaúcho, com menu de acento italiano, destaca-se pelas massas e carnes de caça. A casa com tijolos à vista, convida a apreciar bons vinhos. Adaptada em um closet antigo, a adega do Peppo Cucina tem capacidade para 900 garrafas. A carta com mais de 200 rótulos é simples, objetiva e de fácil leitura. Destacam-se os espumantes e os vinhos brasileiros, embora sejam poucos abaixo de 100 reais.

Dona Laura, 161, Moinhos de Vento, tel. (51) 3019-7979, Porto Alegre; peppo.com.br

SANTA CATARINA

RESTAURANTE OSTRADAMUS
O restaurante Ostradamus tem como especialidade ostras e frutos do mar. Com aspecto de livro, a carta conta com os capítulos divididos por estilo de vinho (espumante, branco, rosé e tinto) e traz breve explicação sobre o tema, com a devida prioridade para espumantes, brancos e rosados.

Rod. Baldicero Filomeno, 7640, Ribeira da Ilha, Florianópolis; tel. (48) 9990-5711; ostradamus.com.br

vinho genérica

SÃO PAULO

A FIGUEIRA RUBAIYAT
A Figueira Rubaiyat dispõe da mesma carta da casa-irmã, Rubaiyat. Como a cozinha mantém base similar, com algumas preparações exclusivas, as 700 diferentes opções de etiquetas de vinho são mais que suficientes para atender qualquer enófilo. A breve descrição auxilia na escolha de rótulos nunca provados.

Rua Haddock Lobo, 1738, Jardim Paulista, tel. (11) 3087-1399; rubaiyat.com.br/figueira

AMADEUS
Comandado pela família Masano, o Amadeus é conhecido por ser um dos melhores restaurantes de frutos do mar em São Paulo. A casa também se destaca pela carta de vinhos com cerca de 300 rótulos. São mais de 70 opções de brancos de todo o mundo e tintos que priorizam a delicadeza da Pinot Noir. Há três rótulos próprios e exclusivos do restaurante e 16 opções em taça.

Rua Haddock Lobo, 807, Cerqueira César, tel. (11) 3061-2859; restauranteamadeus.com.br

CANAILLE BAR
O informal winebar tem ótima seleção de rótulos abaixo de R$ 100. A carta com 60 opções de vinhos se mostra enxuta mas na maioria dos casos são soluções que fogem do habitual e 20 rótulos servidos em taça. Uma prova que é possível encontrar vinhos honestos, com preços justos e adequados à proposta gastronômica. Vinhos orgânicos ou biodinâmicos são identificados por um símbolo e na compra de uma garrafa para viagem oferecem 20% de desconto sobre o preço da carta.

Rua Cristiano Viana, 390, Cerqueira César, tel. (11) 3898-3102, São Paulo, SP; canaille.com.br

CHURRASCARIA VENTO HARAGANO
A tradicional churrascaria mantém uma bela adega que pode ser vista do salão. Os rótulos são divididos por país e há breve explicação sobre a produção local. Como o forte da casa são as carnes, os mais de 600 rótulos são dominados por tintos argentinos e chilenos, mas sem esquecer os grandes exemplares de Bordeaux, Borgonha, Toscana e Piemonte.

Av. Rebouças, 1001, Jardins, tel. (11) 3083-4265; ventoharagano.com.br

DPNY BEACH HOTEL & SPA
O restaurante do beach hotel tem carta completa e com formação de preços exemplar. Demonstra ser possível oferecer vinhos com valores não tão distantes dos das lojas. Além da vasta lista de opções de espumantes, adequados ao local e à proposta do restaurante, é possível encontrar alguns, como o Jurançon seco, o rosé de Tavel e um Amontillado Vors. Diversas opções abaixo de 100 reais. O sommelier André Cavalcante formulou a carta com mais de 200 rótulos.

Av. José Pacheco do Nascimento, 7668, Praia do Curral, tel. (12) 3894-3000, Ilhabela; dpny.com.br

FOGO DE CHÃO
Uma das mais tradicionais churrascarias do país, traz carta objetiva na descrição dos vinhos, concentrada em tintos. Além do vinho da casa, existem boas opções até 120 reais. O brilho está nas opções de Cru Classé de Bordeaux, supertoscanos, piemonteses e clássicos espanhóis.

Diversas unidades; fogodechao.com.br

MANÍ
O restaurante contemporâneo comandado por Helena Rizzo tem carta de vinhos elaborada pela consultora Gabriela Bigarelli. Entre os mais de 200 rótulos, há clara e correta preferência por tintos elegantes, com boa presença de Pinot Noir, independentemente da região de origem. Vinhos feitos seguindo a viticultura sustentável, orgânica ou biodinâmica são identificados; da mesma forma que os gastronômicos vinhos brancos macerados com as cascas, chamados vinhos laranjas.

Rua Joaquim Antunes, 210, Jardim Paulistano, tel. (11) 3085-4148; manimanioca.com.br

NB STEAK
O mix de churrascaria e steakhouse traz em sua carta de vinhos um desfile de grandes marcas. Se por um lado requer olhos treinados para se encontrar rótulos com mais personalidade (que constam ali), por outro, a seção “Vinhos do mês” traz boas opções a preços promocionais. A seção “Especiais” separa alguns dos vinhos ícones, na maioria, do Velho Mundo. A NB Steak também conta com uma linha própria de vinhos.

Av. Vereador José Diniz, 3864, tel. (11) 5093-6006, e diversas unidades em São Paulo e no Rio Grande do Sul; nbsteak.com.br

OLIVETTO RESTAURANTE E ENOTECA
Uma das cartas mais completas do país, com mais de 1.000 rótulos, também é uma das mais premiadas. Sob o comando da sommelière Ana Galliano, traz novos rótulos mensalmente, sempre apresentados em wine dinners. O menu com acento italiano encontra na carta dezenas de harmonizações, com rótulos descritos de forma clara, indicação de safra, produtor e teor alcoólico. É possível encontrar mais de uma dezena de verticais (diferentes safras do mesmo vinho).

Av. Cel. Silva Telles, 843, Cambuí, Campinas; olivettorestaurante.com.br

RANCHO PORTUGUÊS
O misto de restaurante, empório e loja de vinhos se concentra em pratos portugueses e, como se pode esperar, a carta é dominada por rótulos de Portugal, divididos pelas regiões de origem, com destaque para uma das maiores listas de opções de vinho do Porto em restaurante. As exceções são alguns emblemáticos (e caros) rótulos de França e Itália. Ao todo, são mais de 700 rótulos.

Av. dos Bandeirantes, 1051, Vila Olímpia, tel. (11) 2639-2077; ranchoportugues.com.br

RESTAURANTE LA CASSEROLE
Um dos mais tradicionais restaurantes franceses de São Paulo tem carta composta por mais de 300 rótulos, alguns de importação própria. O destaque está na seleção de vinhos de Bordeaux, apresentados conforme a comuna de origem de cada rótulo. Nas demais seções de países do Velho e do Novo Mundo, a carta é recheada de consagrados nomes. Em fevereiro, a seção de brancos passou por reformulação e agora conta com 11 rótulos abaixo de 100 reais, sendo cinco europeus e seis sul-americanos.

Largo do Arouche, 346, Centro; lacasserole.com.br

RESTAURANTE VICOLO NOSTRO
O tradicional e escondido restaurante italiano tem carta de vinhos esmerada. Na primeira página, que conta com 370 rótulos de 13 países diferentes, estão as 11 opções de vinho por taça (de todos os estilos). A extensa lista de produções italianas é bem dividida pelas sub-regiões, da mesma forma que os rótulos de França, Espanha e Portugal. Vinhos sul-americanos são corretamente listados, conforme a variedade da uva.

Rua Jataituba, 29, Brooklin; vicolonostro.com.br

RUBAIYAT
Umas das primeiras steakhouses do mercado tem consagrada carta de vinhos, que divide o protagonismo com a seleção de carnes. A carta conta cerca de 100 páginas (um pouco menos na unidade de Brasília) e índice por país. O tamanho se justifica, pois cada região traz um texto de apresentação e cada rótulo um resumo do que se pode encontrar de aromas e estrutura.

Diversas unidades; rubaiyat.com.br

VARANDA
Conhecida por servir uma das melhores carnes da cidade em formato de steakhouse, a Varanda tem na gestão da carta de vinhos o brilhante sommelier Tiago Locatelli. Com 310 rótulos, há opções orgânicas e biodinâmicas, além de foco em vinhos acessíveis. Cada rótulo traz breve descrição organoléptica e de teor alcoólico. Entre os tintos italianos há boa seleção de importação própria e não é difícil encontrar vinhos abaixo de 100 reais.

Rua Gen. Mena Barreto, 793, Jardim Paulista, e mais dois endereços; varandagrill.com.br

VINHERIA PERCUSSI
Um dos melhores restaurantes italianos de São Paulo, a casa tem supervisão do especialista Lamberto Percussi na gestão da carta de vinhos. Entre os cerca de 300 rótulos, a justa inclinação é pelos italianos, com destaque para a Toscana e o Piemonte. Entre Velho e Novo Mundo, há bom mix de marcas consagradas e produtores artesanais – alguns orgânicos e devidamente identificados.

Rua Cônego Eugênio Leite, 523, Jd. América, tel. (11) 3088-4920; percussi.com.br

PARANÁ

MADERO / DURSKI
A adega é o elo físico entre os dois restaurantes da família Durski, uma das mais premiadas do país. O restaurante é praticamente hors concours no quesito carta de vinho, pois são mais de 2.300 rótulos de 100 safras diferentes (sendo a mais antiga de 1780) de 24 países, totalizando mais de 10.000 garrafas estocadas e climatizadas. Seja no cardápio formal do Durski ou no mais informal do Madero, há dezenas de harmonizações.

Madero Prime, Av. Jaime Reis, 262, São Francisco, tel. (41)3013-2300, Curitiba e demais unidades; restaurantemadero.com.br

_DAN0023

PRÊMIO DE EXCELÊNCIA

PERNAMBUCO

RESTAURANTE PONTE NOVA
O restaurante de cozinha nordestina, comandado por Joca Pontes, recebe a companhia de carta de vinhos enxuta, objetiva, mas com informações corretas e essenciais para a decisão do cliente. Apesar da maior oferta de vinhos sul-americanos, existem bons achados ibéricos e tintos franceses. Há farta lista de rótulos abaixo de 100 reais.

Rua do Cupim, 172, Graças, Recife; restaurantepontenova.com.br

RIO DE JANEIRO

BAZZAR
Comandado por Cristiana Beltrão, é paraíso para os enófilos. Primeiro, porque a carta traz descritivo sobre o perfil de cada rótulo; segundo, porque todos (literalmente) podem ser pedidos em taça; e terceiro, porque a seleção é feita por alguém que conhece muito o universo dos fermentados. A seleção de Jerez, de vinhos de sobremesa e de sidras a colocam em posição única no cenário brasileiro.

Rua Barão da Torre, 538, tel. (21) 3202-2884, Rio de Janeiro, RJ; bazzar.com.br

CAPRICCIOSA
O tema pizza se sofisticou e cada vez mais as receitas atentam para os detalhes. Nos vinhos, a carta se concentra em nomes clássicos dos Velho e Novo Mundo, com maior oferta de italianos, chilenos e argentinos (apesar da pequena variação de rótulos conforme a unidade, o perfil é o mesmo). Destaque para os bons preços, quase metade da carta abaixo de 120 reais.

Diversas unidades; capricciosa.com.br

CHURRASCARIA PALACE
A tradicional casa de assados em Copacabana ousa na apresentação da carta de vinhos. Além de seção de vinhos laranjas (vinhos brancos macerados com as cascas), há bons achados brasileiros, brancos e tintos do Novo Mundo, divididos pelas varietais (Merlot, Cabernet Sauvignon etc.) e inclui breve explicação de cada uva.

Rua Rodolfo Dantas, 16, Copacabana; tel. (21) 2541-5898; churrascariapalace.com.br

SÃO PAULO

ADEGA SANTIAGO
Acompanhando o tema da cozinha do restaurante, a carta de vinhos prioriza os rótulos ibéricos, com criatividade. A seleção de vinhos verdes e brancos galegos é ótima, há vinícolas com bom padrão de qualidade e nem tão conhecidas. As opções de vinhos em taça chegam a dez rótulos.

Rua Sampaio Vidal, 1072, Jardim Paulistano, e outros endereços; adegasantiago.com.br

AGUZZO
O restaurante italiano passou por recente reformulação na carta de vinhos, elaborada pelo sommelier Luis Amaral. O resultado é uma abordagem moderna, inicialmente divididos por estilo (branco leve e fresco ou branco complexo, por exemplo) e depois por países. Há bom equilíbrio no número de opções por país e nota-se a predileção por vinícolas artesanais, com muitos rótulos orgânicos, biodinâmicos ou naturais.

Rua Simão Álvares, 325, Pinheiros, tel. (11) 3083-7363, São Paulo; aguzzo.com.br

ANTONIETTA CUCINA
Os rótulos italianos são os únicos segmentados pela origem. Há seleção completa de espumantes brasileiros Geisse e as informações sobre os rótulos são ricas, com os percentuais de cada casta nos blends. Alguns vinhos escolhidos pelo sommelier Alessandro Tagliari trazem texto descritivo sobre a vinícola e o rótulo recomendado.

Rua Mato Grosso, 402, Consolação, tel. (11) 3214-0079, São Paulo; antoniettasp.com.br

ARÁBIA
À primeira vista pode surpreender pensar em carta de vinhos em um restaurante libanês. No entanto, a bem montada carta do Arábia traz boas opções de tintos europeus a preços adequados. Destaque para a oferta de vinhos em pichet (250 ml) e tintos libaneses que estão divididos pelas regiões do vale do Bekaa e de Batroun.

Rua Haddock Lobo, 1397, Jardim Paulista, tel. (11) 3061-2203; arabia.com.br

ARMAZÉM DA PIZZA
Boa pizza pede bom vinho para acompanhar e o Armazém da Pizza sabe fazer isso com excelência. A pizzaria tem uma carta extensa e completa. Destacam-se os chilenos e os argentinos. Com muitos rótulos e produtores conhecidos no mercado, essa carta traz informações sobre safra, região e até teor alcoólico de cada rótulo.

Rua do Serimbura, 400, Vila Ema, tel. (12) 3923-7779, São José dos Campos; armazemdapizza.com.br

 

genérica vinho 6
BANANA VERDE
O desafio de montar carta de vinhos para um restaurante de cozinha natural é interessante. Carta enxuta, abrangente em regiões, com boa parte de orgânicos ou biodinâmicos. Rótulos mais gastronômicos estão focados em chilenos, argentinos e brasileiros, muitos abaixo de 100 reais.

Rua Harmonia, 278, Vila Madalena, tel. (11) 3814-4828; bananaverde.com.b

BARBACOA
Com leve variação nos rótulos de cada unidade, a tradicional casa de carnes tem carta funcional e de fácil leitura. O cuidado em trazer a safra de cada rótulo permite encontrar algumas grandes produções no ponto ideal de consumo. As melhores opções abaixo de 100 reais estão nos tintos brasileiros. Os vinhos por taça estão disponíveis em todos os estilos.

Rua Dr. Renato Paes de Barros, 65, Itaim Bibi, tel. (11) 3168-5522, e diversas unidades no Brasil, Itália e Japão; barbacoa.com.br

CA’D’ORO
Reinaugurado em 2016, manteve alguns de seus clássicos italianos. A carta segue o perfil, recheado de clássicos, segmentados conforme a região de origem. Feito as boas cartas, as ofertas focam em Chile e Argentina, no Novo Mundo, e Itália, França e Portugal no Velho Mundo.

Rua Augusta, 129, Consolação, tel. (11) 3236-4300, São Paulo; cadoro.com.br

CANVAS BAR & RESTAURANTE
O restaurante do Hotel Hilton São Paulo tem carta de vinhos inteligente. São 22 opções em taça e boa relação qualidade-preço (algo raro em hotéis) na lista da América do Sul, em especial nos brasileiros. A divisão dos vinhos sul-americanos por varietais facilita a leitura.

Av. das Nações Unidas, 12901, Brooklin Novo, tel. (11) 2845-0055; canvasbarerestaurante.com.br

CASA EUROPA
A casa de Ipe Moraes denominada Cantina tem acento mediterrâneo e carta com leve predomínio de italianos, os únicos separados por regiões. No geral as opções fogem dos nomes mais conhecidos e vale a pena consultar a bem treinada equipe do salão. O destaque fica por conta da Enomatic, com oito vinhos que podem ser provados em três volumes e alguns rótulos de importação própria, como os do piemontês Diego Conterno

Alameda Gabriel Monteiro da Silva, 726, Jardim América, tel. (11) 3063-5577, São Paulo; casaeuropa.com.br

CASA SANTO ANTÔNIO
O restaurante de cozinha internacional com forte influência italiana atua fora do circuito das casas badaladas da cidade de São Paulo. Em compensação, a carta de vinhos simples, objetiva, com as informações necessárias de nome, safra, produtor e região de origem de cada rótulo se mostra adequada à proposta da casa. Boas surpresas podem ser encontradas nas ofertas de tintos americanos e vinhos brancos franceses.

Av. João Carlos da Silva Borges, 764, Granja Julieta, tel. (11) 4328-6205; casasa.net/novo

CHARPENTIER, HOTEL FRONTENAC
O tradicional restaurante de Campos do Jordão traz em seu cardápio clássicos da cozinha francesa e italiana, com ingredientes da Serra Paulista. A bem montada carta de vinhos (português-inglês) composta por 145 rótulos traz breve descritivo de cada rótulo e, como curiosidade, dispõe de verticais (diversas safras) do alentejano Pêra-Manca e do chileno Don Melchor.

Av. Dr. Paulo Ribas, 295, Capivari, tel. (12) 3669-1000, Campos do Jordão; frontenac.com.br

CONFRARIA DO SABOR
O restaurante de Campos do Jordão tem 112 rótulos na carta e se destaca pelos preços justos, com opções de vinhos orgânicos e naturais. Os 11 vinhos em taça podem ser consumidos por meio do Coravin, um acessório que permite retirar doses da garrafa sem prejudicar a conservação da bebida remanescente.

Av. Dr. Vitor Godinho, 191, Vila Capivari, tel. (12) 3663-6550, Campos do Jordão; confrariadosabor.com.br

CÓR
A casa recém-inaugurada e com foco nas carnes feitas na brasa (com opções de dry-aged) tem boa mescla de rótulos clássicos e artesanais. Abrangente e completa, a lista se concentra em chilenos e argentinos e são encontradas boas surpresas entre portugueses. Há extensa seleção de vinhos rosados.

Praça São Marcos, 825, Alto de Pinheiros, tel. (11) 3726-2908; corgastronomia.com.br

CORRIENTES 348
Com 20 anos de história, a casa tem DNA argentino e cardápio destacado pelas carnes nobres, incorporadas a receitas contemporâneas. A carta segue a mesma linha, com predomínio de rótulos tintos, produzidos em reconhecidas bodegas da Argentina. A casa oferece clássicos de Bordeaux e da Toscana e surpreende na seleção de rosés da Provence e de tintos americanos.

Diversas unidades; corrientes348.com.br

CORTÉS
Do mesmo proprietário da rede Ráscal, serve ótimos cortes de carne e, para harmonizar, oferece boas opções de vinhos. Há maior foco em vinhos chilenos e argentinos e boa seleção de italianos e espanhóis. Aos comensais, informações completas sobre cada vinho, com safra, teor alcoólico e estrutura (leve, médio ou encorpado).

Av. das Nações Unidas, 4777, Alto de Pinheiros, tel. (11) 3024-4301; restaurantecortes.com.br

DUE CUOCHI
O tradicional italiano conduzido por Ida Maria Frank ultrapassou o 10o ano de vida e está em três endereços diferentes. A carta, como se espera, segue o acento italiano, sem se restringir. Clássicos franceses e espanhóis, boa seleção de chilenos e argentinos e até rótulos libaneses completam a lista. Destaque para o grande número de opções de meias garrafas e vinhos em taça.

Rua Manuel Guedes, 93, Itaim Bibi, tel. (11) 3078-8092, e mais duas unidades; duecuochi.com.br

JACARANDÁ
A seleção enológica da casa prima pelos preços justos e opções menos óbvias do Chile e da Argentina. É possível encontrar produtores artesanais e rótulos naturais. A casa preza por ingredientes orgânicos na cozinha.

Rua Alves Guimarães, 153, Pinheiros, tel. (11) 3083-3003; jacarandabr.com.br

LA FRONTERA
A casa de Ana Massochi é inspirada na cozinha sul-americana e tem fortaleza nas carnes. A carta é ordenada pelo preço (ordem crescente), o que à primeira vista pode-se estranhar. Entre os rótulos, a seleção é dominada por pequenos produtores de Chile e Argentina, muitos considerados vanguardistas da enologia no continente. Boas opções de uruguaios para escoltar as carnes.

Rua Cel. José Eusébio, 105, Higienópolis, tel. (11) 3159-1197; restaurantelafrontera.com.br

LE JAZZ BRASSERIE
A carta da bem-sucedida brasserie ganhou diversidade de rótulos e segue mantendo os bons preços, dentro da linha gastronômica do lugar. Concisa e objetiva, mas com informações completas sobre cada vinho, as opções trazem diversos rótulos abaixo de 100 reais. Além de boas ofertas em taça, existem opções de vinhos orgânicos, biodinâmicos e naturais, devidamente identificados.

Rua dos Pinheiros, 254, Pinheiros, tel. (11) 2359-8141, São Paulo; lejazz.com.br

MAREMONTI
Assim como o cardápio, a carta de vinhos com 150 rótulos é focada em sabores do País da Bota, com boa oferta de tintos abaixo de 150 reais. Da cozinha saem pizzas segundo a escola napolitana, massas artesanais produzidas diariamente e pratos regionais italianos com ingredientes encontrados no mar e nas montanhas.

Diversas unidades; maremonti.com.br

MARTIN FIERRO
Há 35 anos no mercado, o restaurante de cozinha argentina oferece empanadas, cortes de carnes grelhadas, saladas e uma atenciosa seleção de vinhos. A reformulação da carta, dividida por países e variedade de uvas, teve como premissa trazer para os paulistanos os vinhos da América do Sul, com foco nos artesanais e orgânicos.

Rua Aspicuelta, 683, Vila Madalena, tel. (11) 3814-6747, São Paulo; martinfierro.com.br

ORDINÁRIO RESTAURANTE
Apesar de compacta, a carta de vinhos é dividia entre brancos, espumantes, rosados, tintos e de sobremesa, e foca em produtores artesanais e menos óbvios, tendo alguns rótulos orgânicos e biodinâmicos. Em geral, as opções têm bons preços e diversidade de estilos. Da cozinha saem pratos contemporâneos para um menu degustação de dez tempos.

Rua Capitão Macedo, 364, Vila Mariana, São Paulo; ordinariorestaurante.com.br

OSTERIA DEL PETTIROSSO
O reconhecido e minucioso trabalho que o casal Erika e Marco Renzetti desenvolve com a cozinha italiana encontra parceria à altura na carta de vinhos. A extensa seleção de rótulos italianos é um convite para se provar ótimas e não tão óbvias opções de regiões e castas. Na segunda parte da carta, as opções francesas (em bom número) e de outros países são dominados por rótulos naturais, na maior parte delicados, elegantes e versáteis à mesa.

Alameda Lorena, 2155, Jardim Paulistano, tel. (11) 3062-5338, São Paulo; pettirosso.com.br

OVO E UVA
Promovida como a República Democrática do Vinho, a casa em Pinheiros foi idealizada pelos sommeliers João Renato da Silva e Fernando Perazza, que tratam a bebida de forma descomplicada. Os mais de 170 rótulos são comercializados com bom custo-benefício e há boa oferta de vinhos em taça. Todos os meses o restaurante oferece uma seleção diferente de rótulos com preços especiais.

Rua Mateus Grou, 286, Pinheiros, São Paulo; ovoeuva.com.br

QUINTA DE SANTA MARIA
Comandado pelo português João da Mota e Silva e a mulher, Dora, a casa tem o charme e o conforto de uma casa portuguesa, com direito a azulejos decorativos pintados à mão e acabamento de pedras. Faz com capricho pratos da região portuguesa do Minho. Sua adega é bem sortida, com vinhos de todas as regiões de Portugal e, o melhor, com opções de safras e de garrafas de 375 ml. Não é o forte, mas conta com amostras de América do Sul, Espanha, Itália e França.

Rua Cerro Corá, 1548, tel. (11) 3022-2499

RÁSCAL
O cardápio tipicamente italiano está sob a tutela da chef Nadia Pizzo, criada no interior do País da Bota. A carta de vinhos com mais de 100 rótulos é eclética, como o farto e diverso bufê da casa, e dividida por país e subdivididas por estrutura: leve, médio corpo e encorpado. As opções incluem rótulos nada óbvios e preços justos.

Rua Leopoldo Couto Magalhães Junior, 831, Itaim Bibi, tel. (11) 3078-3351; rascal.com.br

RESTAURANTE VILA CHÃ
Com um ambiente aconchegante, este restaurante de Campos do Jordão preza pela tradição portuguesa com um cardápio exclusivamente lusitano. A bem ilustrada carta de vinhos, além de informações básicas como preço e descritivo, oferece conteúdo completo sobre as regiões de Portugal e suas principais vinícolas. Predominam rótulos do Douro e Alentejo.

Av. Eng. Diogo de Carvalho, 99, Vila Capivari, Campos do Jordão; vilacha.com.br

SPERANZA
Fundada em 1958, a cantina e pizzaria Speranza tem seleção de vinhos pensada para harmonizar com as opções do cardápio e tem boa oferta de vinhos em taça e em meia garrafa. Quanto à divisão, os vinhos são categorizados conforme a estrutura e a intensidade e, como complemento, existem subcategorias com sugestões de harmonização.

Av. Sabiá, 786, Moema, tel. (11) 5051-1229; ou Rua 13 de Maio, 1004, Bixiga, tel. (11) 3288-8502, São Paulo; pizzaria.com.br

TABERNA 474
Com gastronomia mediterrânea, a Taberna 474 tem carta que segue a linha ibérica de sua cozinha. O restaurante oferece uma farta lista de tintos, com boa participação de Dão e Douro, do lado de Portugal; e Rioja e Ribera del Duero, do espanhol. Vale elogiar a boa lista de fortificados, secos e doces, servidos em taça.

Rua Maria Carolina, 474, Jardim Paulistano, São Paulo; taberna474.com.br
genérica vinho 4

Matérias Relacionadas