Prazeres da mesa

Mesa ao Vivo Recife

Prazeres da Mesa Ao Vivo Recife

Se você perdeu, veja aqui alguns dos melhores momentos desse megaevento, que agitou chefs, leitores e gourmets da capital pernambucana

Por: Prazeres Da Mesa | 10.sep.2009

Na esteira da versão paulistana do Semana Mesa São Paulo, que acontece este ano de 26 a 30 de outubro, o Ao Vivo Recife é um reality show gastronômico que reúne chefs de renome, nacionais e internacionais, para produzir grande parte do conteúdo editorial da revista Prazeres da Mesa na frente e sob os olhares atentos de leitores e gourmets. Durante três dias, de 9 a 11 de setembro, acontecem em quatro salas do Senac da capital pernambucana, aulas sobre diversos temas relacionados à gastronomia, abrangendo as áreas de confeitaria, padaria, coquetelaria e alta gastronomia. Acompanhe aqui, pelo portal e pelo twitter de Prazeres da Mesa, alguns do principais momentos e veja a cobertura completa do evento na edição de outubro da revista.

Por Marta Barbosa, Bruno Albertim e Roberta Malta, direto de Recife, PE
Fotos Ricardo D’ Angelo, Paulo Mercadante, Dante Barros e Léo Caldas

E O TALENTO AO VIVO RECIFE É…

Andrea Cristina, 16 anos, e Anne Aquino, 21, são as campeãs do Talento Ao Vivo Recife. Alunas do curso de hotelaria e gastronomia da Faculdade Boa Viagem, elas ganharam o júri com um lagarto glaceado ao perfume de erva doce, abobrinha salteada com crispe de inhame. Anne é uma velha conhecida dos concursos gastronômicos. Ela já levou a melhor em duas outras provas ocorridas na capital: Fispal Nordeste 2007 e Festival Chez Georges. “Sempre soube que minha vida seria entre as panelas”, diz Anne, que agora sonha com um estágio ao lado de Paul Bocuse. “E daí para cima.” Já Andrea revela um desejo secreto em trabalhar com o paulistano Alex Atala. “Aqui em Recife, meu ídolo é César Santos”, diz a estudante, que entrou no mundo da comida por acaso. “O primeiro emprego que consegui foi numa rede de lanchonetes, ali fiz carreira passando de atendente à coordenadora de equipe”, explica. “Como já estava dentro de uma cozinha, resolvi estudar gastronomia.” Agora, as duas vão preparar as malas para desembarcar na capital paulista no final de outubro. É que agora elas vão concorrer ao Talento Ao Vivo São Paulo. (MB)

A CARIOCA SE RENDE

Há cinco anos, depois de uma viagem ao Recife, Flávia Quaresma cantou a pedra para os colegas cariocas: “gente, abre o olho porque o negócio lá tá sério”, disse referindo-se ao crescimento gastronômico da capital nordestina. Hoje ela considera merecido o título de segundo pólo de gastronomia do Brasil que a cidade recebeu. “Os restaurantes estão muito completos”, entusiasma-se. “Todos são bem estruturados, com áreas de armazenamento e produção super bem organizadas”, completa a chef que diz ter seu “passaporte para o Recife” sempre a postos. (MB)

A VERDADE DA COZINHA

Em dobradinha, a chef alagoana Simone Bert e o sushiman pernambucano André Saburó ensinaram a preparar um tiradito de lagosta, em aula em cada espaço foi disputado, durante o Prazeres da Mesa Ao Vivo Recife. Para mostrar como o frescor do pescado é apreciado tanto na cozinha do Japão como do Peru, Saburó mostrou à plateia uma lagosta gigante e vivíssima. E, para choque de alguns, demonstrou a principal técnica para matar o crustáceo. “Basta usar uma tesoura, cortar a membrana inferior que liga a cabeça ao corpo, segurar a cabeça com uma mão e, com a outra, torcer o corpo. A cauda sai inteira”, explicou. Detalhe: mesmo sem corpo, a cabeça da lagosta continua se movendo. O bicho mexeu as antenas por mais de dez minutos sobre a mesa. Depois, foi para a panela fervendo e virou decoração. (MB)

OVOS DE MONTSE

A chef catalã Montse Estruch teve ajuda da carioca Flávia Quaresma em sua aula no Prazeres da Mesa Ao Vivo Recife. A colega brasileira traduziu para platéia cada etapa de sua delicadíssima sobremesa servida no jantar da dupla realizado ontem: bolo de mel com sorvete de requeijão, gelatina de vinho e flores comestíveis (veja abaixo em “Espanha e Brasil a quatro mãos”). Montse aproveitou para dar uma dica básica à turma interessada em pastelaria: “Assim que jogar açúcar sobre os ovos, comece a batê-lo porque o açúcar altera rapidamente os ovos, quase cozinhando-os”, disse a chef, antes de declarar sua mais nova paixão gastronômica, adquirida no Recife: carne de sol. “Com calabaza (abóbora) fica riquíssima”, disse, entre risos. (MB)

MULHER SIM, SENHOR!

Sofia Mota, do recém-aberto Jalan Jalan, na capital pernambucana, disse a que veio. Convidada a dar uma aula no Prazeres da Mesa Ao Vivo Recife com o tema “Compotas Brasileiras”, a jovem chef resolveu apagar o estigma de que mulheres pernambucanas só sabem fazer doce e virou o jogo: serviu uma deliciosa terrine de cordeiro com compota de abacaxi, molho rôti e farofa de bacon. “Chega de achar que só homem cozinha bem, minha gente! Eu faço doce e salgado também”, protestou minutos atrás diante da platéia. (RM)

DECORAÇÃO ALTERNATIVA

Uma saladeira de vidro usada ao contrário e cheia de fatias de limão siciliano imersas em água. Pequenos aquários com uma mini-vela acesa flutuando. As garrafas de vinho e champanhe da festa anterior como lustres… E assim se faz uma decoração de festa impecável, criativa e muito, muito barata. As dicas são do decorador recifense Robson Chagas, que passou pelo Prazeres da Mesa Ao Vivo Recife nesta tarde de sexta, e deixou sua marca. Além de uma disputada aula no Senac recifense, Robson assina a decoração do restaurante, onde acontecem os jantares de gala do evento, que só termina no final da noite de hoje, na capital pernambucana. (MB)

Ricardo Castilho, de Prazeres da Mesa: degustação confirmada, às 16h30

O MELHOR DA AGENDA DE HOJE

Anote as aulas que vão acontecer logo mais, na tarde
desta sexta-feira, 11 de setembro

Horário: 14h
Chef: Montse Estruch, chef catalã do El Cigle, Espanha
Onde: Sala 1 (sala 202/2° andar)

Horário:15h
Aula: Escondidinho de camarão desconstruído
Chef:
Licia Magalhães
Onde: Sala 1 (sala 202/2° andar)

Horário:15h
Aula: Terrine de cordeiro com compota de abacaxi, farinha de bacon e molho rôti
Chef: Sofia Mota
Onde: Sala Padaria

Horário:15h30
Aula: Como fazer uma decoração com grande estilo usando a criatividade
Chef: Robson Chagas
Onde: Restaurante Senac

Horário: 15h30
Aula: Queijo coalho crocante em ofuro de pitanga picante
Chef: André Falcão (Recife Praia Hotel)
Onde: Sala 1 (sala 202/2° andar)

Horário: 16h
Aula: Costeleta de bode confitada com semente de coentro e especiarias, purê de fava e pesto nordestino
Chef: Luciana Sultanum (Espaço Gourmet)
Onde: Sala Padaria

Horário: 16h30
Aula: Degustação de vinhos
Especialista: Ricardo Castilho, diretor editorial de Prazeres da Mesa
Onde: Sala Bar

Horário: 17h
Chef: Flavia Quaresma, chef-consultora carioca
Onde: Sala 1 (sala 202/2° andar)

Horário: 17h30
Aula: Tricô de Comadres
Chef: Alcindo Queiroz (Patuá)
Onde: Sala 1 (sala 202/2° andar)

Horário: 17h30
Aula: Coup Regional com sorvete de tapioca e calda de goiabada
Chef: Claudia Freire (Due)
Onde: Sala Padaria

E À NOITE, TEM MAIS…

Horário:18h30
Aula: Franguinho de panela acompanhado de farofa de cuscuz de legumes na manteiga de garrafa ao perfume de alecrim
Chef: Joca Pontes (Ponte Nova)
Onde: Sala 1 (sala 202/2° andar)

Horário: 19h
Aula: O pão é italiano mas a Bruschetta pode ser regional
Chef: Leandro Ricardo
Onde: Sala Padaria

E AINDA

Horário: 20h
Jantar especial: Simone Bert e André Saburó
Onde: Restaurante Senac

Horário: até o final do Ao Vivo Recife
Degustações: no Melhores da Cidade, com Pomodoro Café, É, Patuá, Ponte Nova, Chez George, Château Brillant, Pousada Zé Maria, Peixe na Telha, wiella Bistrô, Senac, Just Madá e Jalan Jalan.
Onde: Sala de Eventos P3

> Confira a programação completa do Prazeres da Mesa Ao Vivo Recife 2009, clicando aqui.

> Siga o twitter de Prazeres da Mesa e acompanhe on time as dicas dos chefs de cozinha e especialistas que estão participando do Ao Vivo Recife.

> Na edição de outubro de Prazeres da Mesa, você vê a cobertura completa e reportagens inéditas sobre este evento.

O PRIMEIRO E SEGUNDO DIAS DO AO VIVO RECIFE

COMEÇOU A BRINCADEIRA

Aberta a temporada de sabores na capital pernambucana. Nesta quarta-feira, dia 9 de setembro, numa noite de temperatura agradável e clima de festa, o auditório do Senac foi tomado pelos nomes mais importantes da cena gastronômica do estado, na abertura do Prazeres da Mesa Ao Vivo Recife. Políticos, chefs, estudantes, jornalistas especializados e gente interessada no tema comemoraram o novo momento da gastronomia recifense. “Queremos ser a São Paulo do Nordeste”, disse entusiasmado Josias Albuquerque Silva, presidente do Senac Recife. Na mesa de apresentação do evento, antes do coquetel, estavam o secretário de turismo do estado, Sílvio Costa Filho; o secretário de turismo da cidade, Samuel Oliveira; e o presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH), José Otávio Meira Lins; além do diretor de redação de Prazeres da Mesa, Ricardo Castilho. Depois da cerimônia, o clima foi de festa – como convém à capital pernambucana. Uma celebração em nome da boa mesa. (MB)

Clique agora aqui e veja mais imagens da abertura do Ao Vivo Recife.

TALENTOS À PROVA

Sete duplas de estudantes de gastronomia estão neste momento, às 11h30 desta terça-feira (10), na cozinha-escola do Senac-Recife. Tendo apenas carne de porco, flor de sal e azeite como ingredientes em comum, os concorrentes à versão pernambucana do concurso Talento ao Vivo Prazeres da Mesa tiveram uma hora para definir a receita a partir dos outros itens disponibilizados. Revelados só na hora, os produtos enfocam a diversidade da cozinha nordestina: manteiga de garrafa, queijos coalho e de manteiga, mandioquinha, batata doce, inhame, cará, macaxeira, farinha de mandioca, arroz vermelho, mel de engenho e temperos como alho, anis estrelado e cúrcuma. Eles têm até duas da tarde para apresentar as receitas. À tarde, conheceremos os vencedores pernambucanos do Talento ao Vivo. (MB)

Para ver outras fotos, clique aqui.

CÉSAR SANTOS DEFENDE A COLHER DE PAU

César Santos, chef pernambucano
do Oficina do Sabor, de Olinda

Em um dos intervalos do concurso Talento Ao Vivo Prazeres da Mesa, que procura revelar novos nomes na gastronomia do Recife, o chef pernambucano César Santos, do Oficina do Sabor, em Olinda, PE, defendeu um utensílio tradicionalíssimo de cozinha: a boa e velha colher de pau. “Não se pode deixar de lado um instrumento que está em uso desde antes da chegada dos portugueses ao Brasil”, diz ele, afirmando que a manipulação adequada não traz riscos sanitários. A afirmação do chef, um dos coordenadores do concurso, vai contra a recomendação da Vigilância Sanitária, que proíbe o uso da colher em cozinhas profissionais. (BA)

CHEFS A MIL

Veja os preparativos e o bastidor do jantar desta quinta (10)
da carioca Flávia Quaresma e da chef catalã Montse Estruch

As chefs Flávia Quaresma (foto) e Montse Estruch estão a mil na cozinha do Senac Recife. A carioca faz dobradinha com a catalã no jantar que marca a noite desta terça-feira do Prazeres da Mesa ao Vivo – Recife. “Chegamos cedinho, para adiantar as coisas e poder sair rapidinho para almoçar no Oficina do Sabor. Quero muito que a Montse conheça a comida do César (Santos)”, disse Flavinha, enquanto cortava os morangos que vão compor a sobremesa concebida pela parceira espanhola: torta de mel, sorvete de requeijão, sopa de morango, gelatina de vinho doce, flores e ervas aromáticas. “À tarde, ficaremos aqui direto até o jantar, nem vamos passar no hotel antes”, disse Montse, encantada (e bronzeada) com o sol do Nordeste. “Ainda quero arrumar tempo para levá-la a um show de música no Recife, que, lógico, é o lugar da música no Brasil”, disse a carioca, lembrando que seu “patinho já está marinando desde as 11 horas da manhã”. O pato marinado em seis horas no café e especiarias é uma das estrelas do cardápio concebido pela dupla, puro prenúncio de felicidade: além da ave, vieiras grelhadas com mousseline de batata doce e emulsão de frutos do mar com dendê e robalo com berinjela, curry e flores. O jantar tem início às 20h, no restaurante do Senac-Recife. (BA)

Clique aqui e veja outras imagens da cozinha.

SERÁ QUE VAI CHOVER?

Sala lotada e muitos sorrisos marcam a passagem de Fábio Arruda, colunista de Prazeres da Mesa, na versão recifense do Ao Vivo. O público aprendeu com o consultor de etiqueta e comportamento como apresentar pessoas. Dica número 1: entre desconhecidos, siga a ordem clássica de influência. Apresente sempre o menos importante ao mais importante. “E sobre importância entenda: mulheres à frente dos homens, mais velhos à frente dos mais jovens, e mais graduados à frente dos menos graduados”, diz Fábio. Outra sugestão é pontuar características de uma pessoa para a outra, evitando assim aqueles minutos de silêncio ou, pior, o velho papo “será que vai chover?”. “Diga a profissão de um, relacione alguma afinidade e assim a conversa vai fluir.” (MB)

MISTURA TEM LIMITE

Durante sua aula no Prazeres da Mesa Ao Vivo Recife, o barman Fernando Bezerra (abaixo, na foto)ensinou o caminho para não errar na hora de preparar coquetéis. Professor do Senac e vice-presidente da Associação Pernambucana de Bartenders, Fernando deu uma lição simples e certeira: na hora de mesclar, obedeça a classificação de bebidas. “Em resumo, são três os tipos de bebida: destilados; vermutes e aperitivos (produzidos pelo processo de infusão); e licores (que podem ser feitos por destilação ou infusão)”, disse. Misturar é sempre permitido no delicioso mundo dos coquetéis, mas as chances de dor de cabeça no dia seguinte são maiores se forem mescladas doses, por exemplo, de destilados com licores. (MB)

ESPANHA E BRASIL A QUATRO MÃOS

Montse Estruch é espanhola e brilha no centro da moderna gastronomia mundial: a Catalunha. Flávia Quaresma é carioca e viaja o país evocando sua cozinha criativa e bem brasileira. Juntas, as chefs assinaram um disputado jantar nesta quinta-feira (10) no Prazeres da Mesa Ao Vivo Recife. Dessa parceria saíram quatro pratos que expressam muito bem o equilíbrio entre modernidade e essência do alimento. A entrada, pensada por Flávia, foram vieiras grelhadas com mousseline de batata doce e emulsão de frutos do mar com dendê. Depois veio um robalo com berinjela, curry e flores, assinado pela catalã. O prato principal foi um peito de pato com pupunha, bertalha (folha muito consumida no Rio de Janeiro), banana da terra e molho de café com especiarias – obra da carioca, claro. O melhor, no entanto, estava reservado para o encerramento: um bolo de mel com sorvete de requeijão, sopa de morango, gelatina de vinho doce e ervas aromáticas (na foto, à esquerda). A sobremesa resume o trabalho de Montse, que comanda o restaurante familiar El Cingle, em funcionamento desde 1973. Na casa, onde ela “nasceu” profissionalmente, suas experiências se explicam como “cozinha de sensações”. Flores, temperos leves e muito respeito aos sabores primordiais marcam o trabalho de Montse, um pouco na contramão da aclamada cozinha molecular, mas sem negar o contemporâneo seja nas texturas, seja nas montagens dos pratos. (MB)

Flávia Quaresma e Montse Estruch: talento em dose dupla traduzido em um “menu de sensações”

CONFIRME, A SEGUIR, AS AULAS DA TARDE DESTA QUINTA-FEIRA, 10/9

Horário: 14h
Aula: Haromake com Mexilhões Salteados
Quem: Claudemir Barros (Wiella Bistrô)
Onde: Sala 1 (sala 202/2° andar)

Horário:14h30
Aula: Torta rápida de chocolate trufado com esculturas de açúcar e mousse de frutas tropicais
Chef: Douglas Van Der Ley (È Restaurante)
Onde: Sala Padaria

Horário:15h
Aula: Sabayon ao champagne rosado
Chef: Meiga Von Liebig (Château Brillant)
Onde: Sala 1 (sala 202/2° andar)

Duca Lapenda, do Pomodoro Café


Horário:15h30
Aula: Carne de Sol com especiarias
Chef: Duca Lapenda (Pomodoro Café)
Onde: Sala 1 (sala 202/2° andar)

Horário: 16h
Aula: Etiqueta à mesa
Chef: Fábio Arruda
Onde: Restaurante Senac

Horário: 16h30
Aula: Como fazer os melhores drinques
Chef: Fernando Bezerra (Senac)
Onde: Sala Bar

Horário: 16h30
Aula: Verrine à Gilberto Freire com Bolo de Rolo Pernambucano
Chef: Tânia Bastos (Senac)
Onde: Sala Padaria

Horário: 17h
Aula: Brusquetta de champignon e risoto de funghi e panceta
Chef: Silvia Percussi (Vinheria Percussi)
Onde: Sala 1 (sala 202/2° andar)

E AS AULAS DO COMECINHO DA NOITE…

Horário: 18h
Aula: Bolo do Noiva Pernambucano
Chef: Cleonice Ferraz
Onde: Sala Padaria

Horário:18h30
Chef: Simone Bert (Wankacho)
Onde: Sala 1 (sala 202/2° andar)

Horário: 19h30
Chef: Licia Maranhão
Onde: Sala Padaria

Horário: 19h30
Chef: André Saburó
Onde: Sala 1 (sala 202/2° andar)

E AINDA

Horário: 20h
Jantar especial: Montse Estruch e Flávia Quaresma
Onde: Restaurante Senac

Horário: até 21h
Degustações: no Melhores da Cidade, com Anjo Solto, Sushi Yoshi, Papa Capim, Mingus, Nez, Danói, La Comédie, Oficina do Sabor, Chewake, Dom Ferreira, Raval, Maison Bonfim, Varanda, due e Espaço Gourmet
Onde: Sala de Eventos P3

> Confira a programação completa do Prazeres da Mesa Ao Vivo Recife 2009, clicando aqui.

> Siga o twitter de Prazeres da Mesa e acompanhe on time as dicas dos chefs de cozinha e especialistas que estão participando do Ao Vivo Recife.

> Na edição de outubro de Prazeres da Mesa, você vê a cobertura completa e reportagens inéditas sobre este evento.

Matérias Relacionadas

Os comentários estão fechados.