Prazeres da mesa

Coreano

KOMAH

Por Claudia Esquilante  Fotos Ricardo D’Angelo A cidade de São Paulo, em um trecho um pouco esquecido da Barra Funda,...

Por: Prazeres Da Mesa | 26.jan.2017
Pancetta assada glaceada com molho agridoce apimentado

Coreano

contatos:

Por Claudia Esquilante

 Fotos Ricardo D’Angelo

A cidade de São Paulo, em um trecho um pouco esquecido da Barra Funda, ganhou um restaurante que representa um pedacinho da Coreia. Trata-se do KoMah, de ambiente despojado, jovem e de salão pequeno e que serve a comida tradicional coreana. No comando está o chef Paulo Shin, descendente de coreanos, que passou por casas como D.O.M. e Sanpô, mas que aqui adota  estilo próprio, com pratos instigantes, diferentes dos que temos encontrado. Talvez não seja uma casa para ir semanalmente, se não somos coreanos, mas quando o fizermos saberemos que vamos sair felizes, pois motivos não faltam: lugar agradável, atendimento superatencioso e comida que agrada ao paladar e conforta a alma. Para começar, pedimos o banchan set, com quatro acompanhamentos, que podem ser folhas de samambaia, cogumelos shimeji e outros vegetais, e o kimchi – feito com acelga, que passa por um processo de fermentação e ganha a companhia de pimenta, alho e sal e outros condimentos. Na sequência, são obrigatórios o yukhoe, steak tartare com gema curada e pera asiática, em que apenas a carne poderia vir menos gelada; a pancetta assada e glaceada com molho apimentado que deve ser “embrulhada” em folhas variadas, vindas da horta do chef, uma combinação delicada e marcante ao mesmo tempo, com a carne suína vindo perfeita em sua cocção; e o galbi jim, costela bovina braseada com molho shoyu e gengibre. Com essas escolhas – todas para compartilhar, por isso, nossa sugestão é ir em grupo –, você já estará bem satisfeito, mas não poderá ir embora antes de provar a omelete. Cremosa e extremamente saborosa, ela vem escoltada por salada verde e revela que o simples quando bem-feito é memorável. Não tem sobremesa, mas de quebra serve um suco de maçã muito bom e, para os alcoólicos, o magoli, bebida suave, fermentada de arroz.

01/12

localização

Rua Cônego Vicente Miguel Marino, 378, Barra Funda
São Paulo, SP

Mais Restaurantes

Restaurantes