Prazeres da mesa

Reportagens

Tradição pascoal

Professora Bete Carneiro ensina a preparar a tradicional torta pastiera di grano

Por: Prazeres Da Mesa | 24.mar.2016

Por Beatriz Albertoni

Tão famosa quanto o ovo de chocolate no Brasil, a torta pastiera di grano não pode faltar à mesa de italianos que prezam pela tradição no almoço de Páscoa. Feita de grãos de trigo, ricota e especiarias, a torta napolitana carrega simbolismos que representam a comemoração pascoal.

A fim de evidenciar por aqui essa deliciosa tradição, a coordenadora do curso de gastronomia da universidade Anhanguera, Bete Carneiro, ensinou a reproduzir o clássico do País da Bota.

Para isso, fomos convidados a colocar a mão na massa e ainda conhecer a estrutura da faculdade e a dinâmica das aulas. A ação faz parte do projeto Anhanguera em Off que teve a primeira edição no dia 22 de março.

Ao longo da aula a profissional não deixava de frisar a importância dos pequenos detalhes para o bom resultado da receita, apesar da falta de talentos culinários dos eventuais alunos. “Quando mexemos na massa, devemos usar apenas as pontas dos dedos. Como é bastante amanteigada, se usarmos a palma da mão, que é quente, ela derreterá e não vai dar a liga”, afirma.

Desmitificando a complexidade da receita quando lida pela primeira vez, a cozinheira provou que é possível inovar no almoço de Páscoa com simplicidade e sabor.

Confira aqui a receita da Pastiera di Grano.

Matérias Relacionadas