Chefs

Alex McGregor

Ânima Mea | SP

Natural de Lima, no Peru, Alex McGregor começou a trabalhar com gastronomia aos 25 anos. Até então, o caçula de cinco irmãos era artesão e ”um cozinheiro empírico”, como costuma dizer.  “Sempre quis ser cozinheiro, mas, no Peru, um curso de gastronomia é muito caro. Comecei lavando pratos nos restaurantes. Aos 8 anos, durante as férias na praia, às 15h eu parava tudo o que estava fazendo só para assistir ao programa do chef espanhol Karlos Arguiñago. Aos 10 anos, já cozinhava algumas coisas em casa”, conta o chef.

Mas foi só quando a TV por assinatura chegou ao Peru, que Alex, então com 16 anos, conheceu as possibilidades da gastronomia para além da fronteira de seu país. Doze anos depois, aos 28, mudou-se para a Inglaterra. Ali, viu sua carreira começar a decolar. Em 2006, foi trabalhar como demi chef de partie na Brasserie Blanc e teve o primeiro contato com a culinária francesa. Em 2008, fez um estágio no restaurante Charlie Trotter’s, duas estrelas Michelin em Chicago, nos Estados Unidos. E foi quando teve contato com a haute cuisine, que lhe abriu as portas para a alta gastronomia no retorno à Inglaterra.

No mesmo ano, de volta a Oxford, foi para o Ashmolean Dining Room como senior chef de partie. Em 2009 cozinhou para a rainha Elizabeth II. Entre 2009 e 2012, trabalhou no Le Manoir Aux Quat’Saison, restaurante do famoso chef Raymond Blanc.

Continua após o anúncio

De volta ao Peru em 2013, trabalhou como sous chef no projeto Casa Moreyra, do grupo Astrid & Gastón

Mostrar mais

Prazeres da Mesa

Lançada em 2003, a proposta da revista é saciar o apetite de todos os leitores que gostam de cozinhar, viajar e conhecer os segredos dos bons vinhos e de outras bebidas antecipando tendências e mostrando as novidades desse delicioso universo.

Artigos relacionados

Leia também

Fechar
Botão Voltar ao topo