Chefs

Vitor Generoso

Divina Gula e Generoso – Boteco do Canto

Quando criança, a alegria de Vitor Generoso, conhecido como Vitrola, era correr entre as mesas do Divina Gula. Literalmente, o alagoano cresceu entre as panelas e fogões do restaurante, criado por seus pais mineiros. Assim, não foi surpresa quando ele decidiu seguir os passos de seu mestre – e pai -, o chef André Generoso.

Vitor, então, foi para a França estudar no Institut Paul Bocuse, em Lyon. Naquele país, ainda fez estágio no restaurante Domaine de Clairefontaine (1 estrela Michelin). Após se formar no instituto, o cozinheiro viajou ao Peru para estagiar no restaurante Malabar.

Retornou a Maceió, em 2017, para dividir a cozinha do Divina Gula com seu pai. No começo deste ano, abriu ao lado do restaurante o Generoso – boteco do canto. Ali, Vitor exerce uma cozinha autoral, focada em petiscos, sanduíches e drinques. Tudo isso com uma mistura de técnicas brasileiras, peruanas e francesas.

Continua após o anúncio
Mostrar mais

Artigos relacionados

Leia também
Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar