BebidasNotícias

Ascensão do Rabo de Galo

Da Redação

Fotos Divulgação 

Sem uma receita oficial, o drinque rabo de galo mistura cachaça e bitter e nasceu em São Paulo na década de 1950. A bebida começou sendo  chamada de “cocktail”, mas depois de um tempo decidiram traduzir seu nome. Os brasileiros assumiram que “cock” se referia a galo e “tail” a rabo e assim o drinque deveria ser chamado de rabo de galo.

Continua após o anúncio

Com o objetivo de divulgar a bebida internacionalmente surgiu o Projeto Rabo de Galo que chega à segunda edição. Entre 13 de setembro a 1 outubro, bares em São Paulo, Rio de Janeiro e Curitiba colocarão no cardápio a própria versão do coquetel.

Para participar, os bares precisam criar sua receita usando cachaça Yaguara. Os drinques feitos como Yaguara Branca sairão por 20 reais, já os que levam Yaguara Orgânica ou Ouro sairão por 25 reais. Para cada bebida vendida, será doado 1,50 reais para o movimento Slow Food do Brasil.

O projeto conta com o Mestre Derivan como padrinho e com os embaixadores Ale D’Agostino, David Barreiro, Marcio Silva, Spencer Jr, Zulu, Jessica Sanchez, Lelo Forti, Igor Renovato e Igor Bispo.

Etiquetas
Mostrar mais

Prazeres da Mesa

Lançada em 2003, a proposta da revista é saciar o apetite de todos os leitores que gostam de cozinhar, viajar e conhecer os segredos dos bons vinhos e de outras bebidas antecipando tendências e mostrando as novidades desse delicioso universo.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo