Destaque PrincipalHamburgueriaRestaurantes

Macellaio Burger, espaço colorido e hambúrgueres saborosos

A hamburgueria propõe o sistema de autoatendimento, em que o cliente pode montar o próprio lanche

O enorme painel grafitado na fachada do Macellaio Burger chama atenção de longe e faz um convite para entrar. A casa é comandada pela família italiana Landi, que escolheu a Vila Zelina – bairro rodeado de influências vindas do Leste Europeu, para fincar suas raízes entre imigrantes búlgaros, croatas, eslovenos, estonianos, húngaros, lituanos, poloneses, russos, checos e ucranianos. Os Landi abriram um dos primeiros açougues da região e, quatro gerações depois, o pai, Carlos, e a filha Juliana inauguraram a Macellaio Burger.

A casa colorida e superiluminada destoa em meio a um cenário repleto de elementos clássicos do século XIX. O espaço propõe o sistema de autoatendimento, não há garçons e o cardápio é apenas uma folha de papel com os ingredientes disponíveis.

Cabe ao cliente montar o lanche de acordo com suas preferências. São seis opções de pão: clássico com gergelim, brioche, francês, australiano, integral e multigrãos. O burger pode ser de carne, porco, frango ou vegetariano, esse preparado com grão-de-bico. Ainda dá para escolher o tipo de queijo, além de acrescentar molhos, vegetais e acompanhamentos. Não deixe de experimentar o molho de tomate rústico; o alho-poró crispy; e o ragu de costela.

Continua após o anúncio

De entrada, a casa aposta em duas versões de batata frita – a rústica com alho confitado e a palito holandesa, além de palitos de mussarela e onion rings. Entre as sobremesas, o destaque fica para o bolo de chocolate com brigadeiro de uísque. Uma combinação que surpreende desde quem evita sobremesas extremamente doces até quem não é muito chegado à bebida.

A fachada supercolorida da hamburgueria

Macellaio Burger

Rua Inhagapi, 241, Vila Zelina, tel. (11) 2084-8163, São Paulo, SP; fb.com/macellaioburger

 

Etiquetas
Mostrar mais

Stephanie Vapsys

Foi vendendo cupcakes na feira de empreendedorismo da escola, aos 15 anos, que Stephanie Vapsys se encantou pela confeiteira e, posteriormente, pela gastronomia. A jovem que nunca recusa um docinho ou um convite para jantar, decidiu cursar jornalismo na Faculdade Cásper Líbero por ser fã de literatura e fascinada por contar boas histórias. Desde 2015, na redação de Prazeres da Mesa, a repórter tem a oportunidade de conviver diariamente com sua grande paixão. Entre viagens, idas ao teatro ou ao cinema sempre aproveita a deixa para conhecer um bom restaurante por perto.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo